Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite

PIRANDELLO – a Mercearia dos anos 80

Deixe um comentário

Se você perguntar pra qualquer pessoa que tenha vivido em São Paulo nos anos 80 qual a melhor lembrança daquela época, com certeza ela lhe dirá: o Pirandello. Antonio Maschio e Wladimir Soares capitaneavam um misto de bar, restaurante, livraria, antiquário e outras mumunhas onde se reuniam as pessoas mais interessantes da época. No aperto das mesas, você tropeçava em atores consagrados e desconhecidos, escritores idem, artistas plásticos, políticos e gente como a gente, na maior boa. Eu freqüentei o Pirandello desde a inauguração, mas assiduamente mesmo, tipo três vezes por semana, de 1984 a 1986, quando eu morava na Alameda Santos. Bobeou, a gente descia a Augusta e ia comer um Danton, ou uma Isadora Duncan, comprar um livro na livraria Capitu (no subsolo do bar, onde sempre tinha algum lançamento acontecendo), ou simplesmente tomar uma cerveja e comer bolinho de arroz.  A comparação com a Mercearia precisa de alguns ajustes, pois o Pirandello era um lugar todo chicoso, com toalha de renda, estofado de cetim nas cadeiras, peças de antiquário, mas o despojamento do público fazia daquele lugar a extensão da nossa casa, tal e qual a boa Merça. Até uma antologia eles fizeram. Parafraseando a obra do Pirandello de verdade, o título era “Sete autores em busca de um bar”, com a participação de Caio Fernando Abreu, Luis Roncari, Joyce Cavalcante, Mário Prata, Ignácio de Loyolla Brandão, Reinaldo Morais e José Márcio Penido. O livro do Vladi, publicado pela editora Jaboticaba, traz um monte de histórias engraçadas daquela época, fotografias e o segredo de alguns dos pratos deliciosos que eram servidos. Ele só não traz o tempo de volta. Mas será que precisa? Já pensou ter que passar por tudo de novo até chegar aqui? O negócio é dar um suspirinho e tocar em frente.

Entre as fotos, encontrei essa preciosidade.

pratinha.jpg

O loirinho no colo do Prata é o Antonio. Ao lado dele, a Maria. À esquerda o Maschio, Waldimir à direita.

Autor: Doidivana

escritora de forno e fogão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s