Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite

DOIS LIVROS

8 comentários

De ontem pra hoje li dois livros excelentésimos. Um é um beijo na boca, outro um soco no estômago. Escolha qual ler primeiro, mas passe pelos dois.

O beijo é do RODRIGO LEVINO, no seu Dias estranhos (ed. Digizap). Seus contos/crônicas são de uma ternura, de uma leveza,  sem que isso signifique frouxidão ou água com açúcar. É cachaça pura. Da boa. Daquelas que descem sem arranhar, mas dão um fogo danado. O Rodrigo mora em Natal, é jornalista, escreve na Piauí. Já bebemos umas cervejas juntos por aqui. Independente dele adorar o House, é um menino adorável e talentosíssimo que está só começando. Melhor do que eu, fala o Daniel Galera na orelha do livro: “Rodrigo Levino transforma seu olhar particular em algo que podemos absorver quase ao ponto de experimentarmos o mundo em seu lugar, nem que seja pela duração da leitura. Belo sem ser piegas e reflexivo sem ser pesado, Dias estranhos nos dá a sensação de que no fundo não estamos tão seprados assim uns dos outros”.

O soco no estômago quem deu foi o WALTHER MOREIRA SANTOS, com seu romance O Ciclista, vencedor do prêmio José Mindlin. Um romance super forte, denso, profundo e pirante que você não consegue largar. Pesquisando na internet, descobri que ele já ganhou dezenas de prêmios literários. E eu nunca tinha ouvido falar do cara! Acho que ele mora em BH porque a editora é de lá (ed. autêntica) e a revisão da minha querida amiga Ana Elisa Ribeiro. Uma estarrecedora descoberta. Na orelha do livro do Walther, é Gilberto Noll quem fala: “no aparente despojamento da linguagem vem sempre o golpe certeiro; Walther Moreira Santos é um escritor de imaginação ímpar e recursos inesperados”

Amigos escritores paulistanos, ponham as barbas de molho porque a literatura que está sendo produzida fora do eixo Rio-SP é da pesada.

Autor: Doidivana

escritora de forno e fogão

8 thoughts on “DOIS LIVROS

  1. Obrigada por suas palavras e pelo carinho, Franklin. Fiquei feliz. Volte sempre. Um abração

  2. Não conhecia esta página. É sempre bom quando alguém se dedica a fazer pela nossa literatura o que as instituições não costumam fazer. Parabéns e, como escritor, só tenho a agradecer pelo trabalho que está realizando com esse entusiasmo que, segundo Proust, é caracteristico das pessoas de talento.

  3. Pingback: Adeus Columbus » Lindo, bonito e joiado

  4. ivana conheco levino por quem nutro um carinho especial.ele é um dos melhores textos do rio grande do norte.não tem cronista melhor.quando ele escrevia para o portal digizap sempre comentava suas crônicas.é um prazer renovado ler levino!

  5. Já tinha lido do Walther “Dentro da Chuva Amarela”, um livro de memórias sobre transtorno bipolar mas que pode ser lido como se fosse um romance, é de 2000 mas já teve várias edições, a minha é de 2006 – e que romance. “O Ciclista”, me fez chorar. O cara é de pernambuco, é o que está na orelha do “Dentro da Chuva”, na orelha de “O Ciclista” não há nada.

    Vou atrás dos outros livros dele, e do livro do Levino – dá-me tempo Senhor!

  6. Pingback: trecos & trapos » Blog Archive » Nunca esquecer

  7. Rodrigo, corrigi o endereço do seu blog e linkei no meu.
    Beijos, parabéns.

  8. que delícia, isso.

    fico feliz por você, que é uma querida, ter gostado.

    grato sempre =)

    ps.: o link pro meu site http://www.adeuscolumbus.com

    besos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s