Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite

MAIS BOTTARGA (OU KARASUMI)

17 comentários

Agora virou mania. Outro dia eu experimentei aquela bottarga que comprei no Santa Luzia (que é de Santa Catarina) e não era a mesma que eu tinha comido no AK. Hoje, no sacolão aqui perto de casa, eu parei na banca do japonês e perguntei se tinha ova de tainha defumada. Tinha! Muito mais barato, R$ 27,00. Ele ficou indignado. “Nunca vi brasileira comer isso. Japonês come como se fosse ouro”.  Em japonês, o nome é karasumi. Acho que agora vai. Vou acabar ficando especialista.

bottarga

etiqueta

Autor: Doidivana

escritora de forno e fogão

17 thoughts on “MAIS BOTTARGA (OU KARASUMI)

  1. Boa tarde ivana, tentei fazer a bottarga em casa mas ficou extremamente dura. acredito que tenha deixado tempo demais no sal grosso. as receitas na internet são muito vagas, deu para entender que é preciso salgar ( alguns dizem salmoura, outros somente sal ) e depois deixar ao sol. mas o tempo de cada etapa e demais detalhes não encontrei. sera que voce poderia me ajudar? agradeceria muito. abraço

    • eu nem desconfio como se faz botarga. Sempre compro pronta. Na Liberdade tem umas ótimas. Boa sorte!

    • Paulo, dê uma olha na receita de karasumi do restaurante Kinoshita (www.youtube.com/watch?v=frwtRhvvt6E). Quem sabe dê para adaptar, invés de saque, uma aguardente de uva. Agora, secar fora da geladeira… não tenho coragem. Pode secar na geladeira que dá super certo.
      No site da Bombay há botarga pela metade do preço do santa luzia… e da mesma marca.

  2. Ivana, gostaria de saber onde posso comprar a botarga que você menciona no texto. Você disse que adquiriu em um sacolão. Você poderia me passar o endereço do sacolão? Fica em qual cidade? Quando criança, quando morávamos em Paranaguá, minha avó sabia preparar botarga (salgava e deixava secar) com ovas frescas que comprava da peixaria. Ela cortava a bottarga em pedaços pequenos e colocava, junto com croutons na salada de alface e temperava com azeite. Por favor, diga-me onde vc comprou a botarga que vc mostra na fotografia. Obrigado. Aurélio Silva.

    • Aurélio, eu comprei no sacolão da Vila Sônia, em São Paulo. Na Liberdade também tem, no mercado Santa Luzia, etc. Aqui em SP é fácil de achar.

  3. Cara Ivana:

    Tudo Bem?

    Estive visitando o seu blog e queria agradecer a atenção que tem nos dado, em promover o conhecimento a novos gourmands á respeito da iguaria que produzimos com tanto amor em Garopaba, SC.

    No mais, aproveito para comunicar que as Bottargas DiMuggine Inteiras envoltas em Parafina Alimentícia (finalizadas segundo o querido Chef Alex Atala) já estão prontas.

    Pesam em media 180gr e seu preço em torno de R$144,00.
    O preço normal grama varejo é R$ 0,80 centavos.

    Para vc e seus leitores estarei fazendo um preço diferenciado em – 10%
    O único requerimento é que o gourmand mencione no contato com a Lefkas de que foi indicação sua.

    Por ser uma reserva especial e totalmente limitada não esta disponível em empórios, supermercados e delicatessens.e é um super presente especial para quem aprecia coisa finas.

    Maravilhosas receitas podem ser obtidas em nosso site neste link – http://www.bottargaclub.com/index.php?option=com_content&view=category&layout=blog&id=17&Itemid=12

    No mais, a partir de agora vou estar visitando seu Blog com freqüência.

    Abçs e muito sucesso!

    Christian

  4. Cara Ivana,

    Já visitei seu blog outras vezes e admiro suas postagens e tomei a liberdade de comentar sobre a Bottarga ou Karasumi, pois quem mais que eu que as produzo na Ilha de Cananéia à mais de 20 anos.Deixei nosso site que tem várias dicas de culinária para realçar e aguçar o mais exigente dos paladares ok!Para maiores dúvidas ou exclarecimentos é só mandar um e-mail ok! Grande braço e continue sempre postando coisas interessantes e atuais para todos aprender um pouco de cada cultura!
    att/
    Paulo Cananéia

    • Paulo, fui visitar o seu site e adorei!!! Tem um monte de receitas gostosas. Da´vontade de experimentar todas. Da próxima vez, compro das suas. Um grande abraço e obrigada pela visita.

    • Caro Paulo, moro em Florianópolis, SC e estou interessado na receita da Bottarga: edison.p@ibest.com.br. Abraços.
      Edison Puente.

  5. Oi, Ivana!
    Bottarga? Nunca ouvi falar! Mas já estou com a boca cheia d’água. Como ovas de peixe fritas desde pequena. Mamãe ia para a feira ou para a colônia de pescadores aqui na Ilha do Governador e fazíamos a festa. Uma delícia, defumada nunca provei.
    Divulgação do Hotel feita hoje lá no meu blog. Já havia feito no twitter.
    Tomara que eu consiga estar lá. Este final de mundo onde moro dificulta tudo o que acontece à noite e precise cruzar a Linha Vermelha.
    Sucesso!

  6. Que dica exótica … deve ser bom para que faz corrida de rua vou experimentar … parabéns pelo ótimo Blog !!!

    Eduardo Acacio
    http://porqueeucorro.blogspot.com/

  7. Ah! Desculpe Ivana… eu quis dizer processador. Tenho um pequeno (bem prático) assim: http://cdnbemol.ecenter.com.br/default/img/produto/1/2/2/122650-9/m/122650-9.jpg O grande é assim: http://www.ormimaq.com.br/img/produtos/369_P.jpg

    Beijos 🙂

    Deve ter Karasumi também na Liberdade. Hummmmmmm japonês tem razão: é mesmo para comer como se fosse ouro…

  8. Sheila, quando você diz “robô” você está querendo dizer o que exatamente? Liquidificador? Processador? Batedeira? Beijos

  9. Ivana, qual foi o sacolão ? Quero fazer a Receita da Sheila . beijos GI

  10. Ivana querida, isso virou raridade deste lado do oceano. Aproveite! Você deve conhecer, mas aqui vai uma receita (grega) de “Tarama” com Bottarga:

    Ingredientes:

    * 100 g de ova de tainha salgada e defumada
    * 50 a 100 g de pão amanhecido (+ ou – forte)
    * Suco de limão a gosto
    * Azeite a gosto
    * Cebola picada (opcional)
    * Algumas alcaparras (opcional)
    * Um pouco de leite

    Preparação:

    Mergulhe o pão no leite e esprema. Coloque tudo no robô (menos as alcaparras e a cebola), sem misturar demais. Prove e ajuste limão, óleo, etc.

    Decore o “Tarama” com cebolas picadas e alcaparras. Sirva com torradinhas.

    Beijos ☺

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s