Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite

ESTEREÓTIPOS

10 comentários

É incrível a pressão que as pessoas fazem pra você andar na linha. Na linha delas, evidentemente. Na linha que elas decidiram que é a mais reta. E o louco é que vivemos numa época onde a individualidade é super valorizada. “Seja você mesmo” é o lema de todas as bandeiras. Só quem chega perto, lê o que está escrito embaixo, em letras miudinhas: e prepara-se para a porrada.
Como tenho medalha de ouro na categoria nado contra a correnteza, adoro pessoas que saem do script.
Você conhece um cara gay, pensa que ele é quase uma flor e, quando vê, ali está um homem de fazer inveja a Bruce Willis. Ou vice-versa, uma lésbica que, esta sim, é um miosótis.
Nada mais chato do que aquela pessoa que, depois de 5 minutos, você é capaz de adivinhar o que ela vai falar pelas próximas 2 horas. Um estereótipo ambulante. Se quero parecer intelectual, devo me comportar assim; se quero parecer maluca, assado; feminina, de um jeito; moderna, de outro.
Coitada da mulher que, como eu, acha que a paixão é um surto psicótico e dá graças a Deus por se ver livre desse mal. É vista como alguém que tem um parafuso a menos, ou um defeito a mais.
E a que não quer ter filhos, então? Esta é uma pedra entupindo o fluxo da vida. Pode crer, quem as condena são as que odeiam a maternidade. As pessoas odeiam quem não sofre como elas.
Se você não coloca o sexo entre as prioridades da sua vida e acha as peruas do Sex & City umas dementes, ninguém vai querer você por perto.
Além dos preconceitos grandões, que todo mundo condena e combate, existe um varejão de preconceitos menores que, nem por isso, incomodam menos.
Você já chorou ouvindo Ivan Lins? Você tem o disco de Natal da Simone? Você é fumante e não pretende parar? Você odeia escatologia, especialmente na literatura? Você acha o Pedro Cardoso o homem mais bonito da televisão? Coitada…
Em época de eleição, então, é um horror. É preciso muita coragem pra confessar o voto e agüentar o tranco.
O credo de cada um deveria ser ponto de partida para conversas, risadas e encontros imprevisíveis.
Viva a polifonia total de preferências e paladares!

(crônica publicada da Revista da Folha, em 2004)

Autor: Doidivana

escritora de forno e fogão

10 thoughts on “ESTEREÓTIPOS

  1. Como é bom ler crônicas de gente espontânea…..

  2. Oi Ivana, cheguei no blog por indicação da Noemi Jaffe…não pude me conter quando me vi nessa crônica, já que sempre me pergunto de onde vieram as dementes do Sex & The City e sou olhada como uma ornitorrinca falante quando digo que não gosto, não me identifico e ponto. Muitas alegrias pra você!

  3. “As pessoas odeiam quem não sofre como elas.” Genial, Ivana! Adorei! Não agueeeento mais ser criticada por não querer ter filhos. Se vc é mulher, tem um útero e não quer engravidar, só pode ser um monstro, ou melhor, uma monstra. Cazzo! Ser mãe é uma missão importante demais pra você assumir só porque a sociedade acha bacana.
    Beijão pra você!!!
    Lu do Lago Ness

  4. Adorei o texto Ivana!
    Resolvi assumir meu cabelo grisalho, porem, como a grande maioria das
    mulheres tingem, estou sendo pisoteada, massacrada por conta disso.
    Estou me mantendo firme… Vou ver até quando eu suporto a pressão…

  5. Considere-se aplaudida de pé.

  6. Para quem não espírito bovino ou de rebanho, está meio complicado.

    Não importa que lado você corra, tem um dedo apontando.

    Quero amigos de todas as cores e matizes, o que me vale é o abraço amigo e meu copo cheio.

    Abraços solidários,

  7. Pingback: Resoluções temporonas « IzaEmSampa

  8. Sei bem o que é não ser padrão. Desde criança tive que ser o que não era para ser aceita nos grupos. A sociedade é cruel. O mundo é cruel. E nós vamos seguindo a contra mão. Tb sou escolada em nadar contra a corrente, mas ainda não cansei. O patrulhamento é geral. Por exemplo, cientista, intelectual tem que ser ateu. Eu não sou. Até isso se patrulha, a opção de crer. Abraços para vc. Amei.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s