Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite

UMA VOLTA NO QUARTEIRÃO

6 comentários

pra você conhecer as imediações do lugar onde eu trabalho e o Brenno matar saudade.

Estrada do Campo Limpo

nada como trabalhar perto de uma agência do Correio

a esquina onde era a padaria, hoje é o Gravetos, restaurante por quilo onde almoço todo dia.

esse bar é aquele que era de um japonês, entre a padaria e o Bola

êi-lo!

era aqui que nos “refrescávamos” durante a tarde.

a mesma banca

neste cabeleireiro era o Cícero, onde também nos “refrescamos” muitas vezes.

o consultório da dentista japonesa ainda está no mesmo lugar

a mesma praça

feira livre toda 5a. feira. Só que eu abdiquei dos pasteis.

Jacy e Noeme no seu habitat

Jacy, queridíssima e super alto astral me deu um cachecol lindo outro dia.

Noeme que também é muito boa praça e tem um nenê fofo de um ano e meio

uma feliz munícipe com seu kit de trabalhos manuais.

Lourdes é quem faz a entrega a quem tem talento. Se você quer aumentar a sua renda e faltam os meios para isso, a SAS te oferece kit de trabalhos manuais, de cabeleireiro ou de manicure pra você faturar algum, desde que você tenha talento e curso que te qualifique pra isso.

Autor: Doidivana

escritora de forno e fogão

6 thoughts on “UMA VOLTA NO QUARTEIRÃO

  1. Viva o Campo Lindo! Viva o Bola! O conjunto de cadeiras do balcão tem muita história pra contar. Lá vai uma: uma tarde inteira de dezembro,1995, e o brenno tomando cerveja no butecão.Estava muito tristonho porque a sua amiga da repartição havia discutido e ficado muito brava com ele (acho que o assunto era poesia) Nesta tarde, o Bola estava colando uma pequena árvore de natal de luzinhas na parede e o brenno passou a tarde viajando na cena.
    PS. Era um sábado, fora do horário de trampo, claro.
    Um grande beijo para a queridíssima e gigantesca Ivana.

  2. ivana, a cada vez que passo por aqui, eu me surpreendo. você, de pertinho, deve ser deliciosa… de longe, a gente mantém o respeito, claro. bj de admiradora.

  3. Ivana,

    Completamente off topic, mas pertinente – talvez pelos pastéis abdicados do post. Sabia que nossos paladares são gêmeos? Pois é. Você achou sua gêmea de paladar. Cada rabada, cada prato pedido em restaurantes, aquela bananinha (meu delicioso biscoito frito feito pela Donaninha na infância)… Mas o BOLO DE MILHO me deu comichão!!! Fiz e nesse exato momento estou saboreando o terceiro pedaço porque ficou dos deuses – e de vez em quando a gente tem que se jogar mesmo. Só fiz duas modificacões e queria compartilhar: troquei o óleo por manteiga de nata – vantagem de ter tio que tem fazenda, mas com jeito dá pra fazer em casa – e coloquei erva doce – porque eu acho que combina com tudo de milho.

    Um grande abraço.

    • ah, fico tão feliz. Infelizmente não vou poder incorporar suas modificações porque manteiga de nata é um luxo para poucos e erva doce eu não gosto. Nem no bolo de milho nem no de fubá. Taí uma pequena discordância. Mas vamos continuar compartilhando sabores e afetos que é bom demais! Abração

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s