Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite

O PRIMEIRO IZAKAIA DE 2011

5 comentários

neste ano eu ainda não tinha ido ver minha querida Margarida e me esbaldar com suas delícias. Por Buda! Ela se supera a cada dia. Ontem eu e Andrea tivemos mais uma noitada daquelas. MEMORÁVEL!

“que prazer recebê-las!”

“achei que Giovana tinha se esquecido de mim”. (é assim que ela me chama)

Pelé, Garrinha e Ronaldo. Timaço.

ao nosso ano! Eu e Andrea somos coelho no horóscopo chinês. Pra melhorar, esse ano é a vez do coelho de ouro! Ninguém nos segura. No dia em que eu soube que a Andrea também era coelho (os animais se repetem de 12 em 12 anos) eu falei: “nossa! Eu sou 12 anos mais velha que você”. Ao que ela respondeu: “24, Ivana, desculpa”.

minha alma precisa desse restaurante pra sorrir.

eu e Andrea estávamos tão famintas que não fotografamos as quatro entradinhas nem o sensacional bolinho de polvo. Só fui lembrar da máquina no tyawanmuchi. Esse inenarrável pudim de ovo que eu nunca tinha comido.

sem palavras. É um pudinzinho delicadíssimo de ovo, feito no banho-Maria, com frango, camarão e outras coisinhas dentro

Andrea morre de um lado

eu morro de outro.

até os patinhos chegaram pra provar

e chamaram a família inteira

patinhos que nascem das mãos de fada da Margarida

e o que dizer desse butanikumaki oniguiri (dessa vez eu trouxe a cola). Gente do céu. É um bolinho de arroz envolto numa finíssima fatia de porco. Pra se comer com a ajuda da alface.

a segunda morte da Andrea

olha o lindão aí.

” Giovana ainda vai comer mais?”

Vou. Pode trazer aquele macarrão frito com frutos do mar.

“Como come essa Giovana!”

” Quer berinjela também? Chega, Giovana, vai pra casa, vai dormir”

Andrea disse que não queria mais nada mas também mergulhou no macarrão

Eeeeeeeeeeeeee!

o bolinho sendo feito

indo pro forno

ao nosso lado Ian Field, Adriana e  a turma do UOL lambia os dedos com as delícias das meninas do Izakaia

frequentadores habitués.

“Giovana, chega, pelamordedeus”

Só um polvo a vinagrete e eu juro que não peço mais nada.

Pronto. Vou servir doce pra ver se você vai embora.

Compota de zabon, uma baita laranjona deeeeesse tamanho.

até eu, que não gosto de doce, adorei

depois do doce, um shoshuzinho pra arrematar. Margarida serviu um copo pra cada uma e correu ao telefone chamar o táxi.

a nós, a esta noite maravilhosa

neta da Margarida que mora no Japão

Margarida aos 20 anos. Boneca de porcelana

obrigada, querida, pela alegria que você me dá cada vez que eu vou aí.

atualização: aqui um texto sobre o ano do Coelho de ouro

Autor: Doidivana

escritora de forno e fogão

5 thoughts on “O PRIMEIRO IZAKAIA DE 2011

  1. Ivana
    Qual o nome e o end. desse restaurante maravilhoso?
    Bj

  2. Ivana, só para você não esquecer e completar quatro gerações de Coelhos no mundo: Eu, José Olimpio e Lívia somos todos coelhos! E que história é essa de coelho de ouro? Beijos.

  3. Eu fui a alguns, arrastada por colegas de trabalho. “Que graça vai ter ir a um bar se eu não vou poder beber?” Ah, engano meu. Alguns – não todos, claro – tinham comidinhas maravilhosas. Um peixinho levemente salgado e grelhado, espetinhos, saladinhas. Aparentemente, poderia ser um restaurante. Aí que percebi que não havia arroz – em tigela, o goham, mesmo – no cardápio. Ah, então…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s