Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite

DIÁRIO DA QUEDA

1 Comentário

Sim, amigos, não basta ir ao lançamento. É preciso ler o livro!

E o romance do Michel Laub supera em muito a deliciosa noite de autógrafos aqui registrada.

Muito já se disse sobre esse livro “definitivo” do Michel. Os elogios abundam, como sói acontecer entre as “tias” da literatura contemporânea. Para entender essa piada dê uma olhada nisso.

Sim, seu Alcir, eu vou falar bem do meu amigo Michel Laub como costumo falar de tantos outros. Não tenho culpa se os meus amigos são maravilhosos, talentosíssimos, escritores que estão fazendo o que de melhor já se produziu na literatura brasileira de todos os tempos. Vide Michel Laub em Diário da Queda (Cia das letras).

Eu sempre gostei do que o Michel escreve. O primeiro livro nunca li (Música anterior), o segundo e terceiro eu amei (Longe da água e O segundo tempo), o quarto eu não gostei muito (O gato diz adeus) e este último é the best. Michel subiu subiu a alturas nunca antes alcançadas com esta sua queda (sorry…). Caiu pra cima.

O livro é fortíssimo e conta a história de um guri gaúcho, judeu, cujo avô (que ele não chegou a conhecer)  esteve em Auschwitz e escreveu um diário onde não se lê uma linha sobre o que passou ali. O menino cresceu e se depara com um outro diário, desta vez do pai que está doente. Sim, este é um livro sem mulheres. Elas até estão presentes mas são coadjuvantes na vida desse menino sem nome (se ele tem nome, eu esqueci) que o Michel acompanha até a vida adulta.

Já falei do meu problema em ler livro de amigo. A gente conhece muito o autor daquela história e fica tentando tirá-lo da frente o tempo todo. Se bem que o Michel não brinca de esconde-esconde. A gente sabe que é ele que está ali, na sua entrega mais despudorada até então. Até certo ponto, evidentemente. Como todo livro, este também tem e não tem a ver com o autor.

Aliás, o livro é tão denso que o Michel fez a gentileza de separá-lo em partes, capítulos, subcapítulos pra gente poder respirar.

Recomendo com todos os meus pelos arrepiados.

Não perca tempo e leia já o livro que ganhará TODOS os prêmios de melhor romance de 2011, para desgosto do seu Alcir.

Autor: Doidivana

escritora de forno e fogão

One thought on “DIÁRIO DA QUEDA

  1. Adoraria receber a visita dos Srs. Alcir e Beatriz (“Aquela que faz os outros felizes”!!!!) em minha casa: Estou com uma faxina atrasada e uma trouxa de roupas do tamanho da empáfia reinante pra lavar e passar, ainda deixava que escolhessem. Outro dia minha irmã me perguntou o que dava técnica sem talento, eu nem pisquei: Crítico literário. Tem algum grande escritor nesta categoria? Beijo! elogie muito, elogie sempre, e quando precisar criticar vão te ouvir com a mesma atenção, pois saberão que não é inveja!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s