Doidivana

blog de Ivana Arruda Leite

DOMINGO, 01 DE AGOSTO DE 2004

Deixe um comentário

a notícia:

ESTRANHO NO NINHO – brasileiro é adotado e abandonado nos EUA

o conto:

MALA EXTRAVIADA

Laurinda deixou os gêmeos na porta do orfanato e sumiu. Denise e Davi na mesma sacola de feira. A freira recolheu e avisou o primeiro da lista na fila de adoção. Um casal de americanos. Dorothy se encantou com a menina.
– Quero ela pra mim.
– Só se levar o irmão também.
A contragosto, Davi foi incorporado ao pacote embora nunca considerado como filho legítimo, como Denise. A diferença de tratamento, a ausência de carinho, os castigos, revoltaram o menino que logo fugiu de casa (pra alívio dos pais) e começou a fazer muita besteira na América. Drogas, brigas na rua, até que, por ciúme de uma namorada, feriu um homem e foi preso. Quando saiu, voltou à casa dos pais mas estes (e a irmã de sangue) disseram que ali não tinha mais lugar pra ele, um filho tão ingrato.
O coitado passou a perambular pelas ruas, a ter que roubar pra comer. De vez em quando ligava pra Denise, mas ela era uma negra americana de verdade e batia o telefone na cara dele por medo de se comprometer.
Um dia Davi foi pego com centenas de papelotes e enviado de volta ao Brasil. Em São Paulo, sozinho no saguão do aeroporto, ele espera que alguém venha lhe buscar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s