Doidivana

blog de Ivana Arruda Leite

Nova York – primeiro dia

2 comentários

a viagem foi otima, com excecao do jantar no aviao. 4 pedacos de carne, duros feito pedra com uns “vegetais” de dar nojo. Cheguei no hotel, nao pude entrar. O checkin era as 15h. Mas o homem me deixou tomar cafe da manha. Comi 3 torradas, frutas, suco, caf[e e fui na St. Patrick, assistir a missa das 9. Missa solene com cantoria de bar[itono e tudo. Sa[i de la e fui andando at[e a Columbus CIrcle. Olha no google pra voce ver a distancia!!!!! Comprei bilhete unico do metro e fui pro Museu de Historia Natural. Deu quase certo, porque peguei uma linha paralela e tive que andar 6 quarteiroes gigantescos. Mas eu tava na fissura de ver os primatas que me trouxeram aqui entso fui pra la com uma mochila pesando uma tonelada nos ombros. A que eu estava carregando desde SP. Fiquei meia hora na fila. Entrei. Rodei o Museu inteiro, entrei em todas as salas e nada de primatas. Perguntava pra todo mundo. At[e que um guarda me disse: ah! Voce quer ver os macacoes, gorilas, etc? Eu falei: [e isso mesmo. ELe me indicou a sala e finalmente eu cheguei. Tinha um monte de macacos de todas as cores e tamanhos, menos os primatas que eu queria ver. Eu inventei ou sonhei que aqui tinha umas montagens com Homo Habilis, Homo Erectus, Neandertal, etc. Nao tem nada disso. Fiquei puta, deixei os primatas pra l[a e fui atras de um sushi que alguem postou no instagram, do lado do museu. Anda que anda e nada de sushi nenhum. Eu estava a beira da morte, quando vi um homem comprando um sanduiche de falafel maravilhoso num carrinho na porta do museu. Parei e berrei pro indiano: eu quero um igualzinho ao daquele homem. Ele fez, embrulhou e eu sentei na calcada pra comer. No chao da calcada!!!! Feito uma mendiga. Pra voc”es terem uma ideia, os novaiorquinos se assustaram comigo,  comendo um sanduiche sentada na calcada, encostada na grade do jardim, como se estivesse gozando. Levantei (nao precisei de ajuda!) e peguei um taxi. Agora chega de andar. La fui eu com a mochila pesando 5 quilos nas minhas costas, me arrastando as 2 da tarde pro hotel pra ver se meu quarto ja estava vago. So que as ruas proximas do hotel estavam todas fechadas por conta de uma festa dos Dominicanos (o povo, nao os padres) e o motorista do taxi teve que me deixar super longe. Vim xingando ate a nona geracao dos cucarachas. Chego finalmente no hotel, ufa! Meu quarto estava pronto. Subo, me ajeito, desmancho a mala, tomo banho. Cade o sabonete? Esqueci. Tudo bem. Trouxe um sabonete de rosto. Passo ele no corpo todo. Mal nao ha de fazer. Na hora de escovar os dentes, cade a pasta de dente? Esqueci. E o pior e que eu nunca fiz uma necessaire tao caprichada. Trouxe todos os cremes, protetores, shampoo no poo, etc mas esqueci o sabonete e a pasta de dente. Pro sabonete, eu dei um jeito. Pra pasta, nao tinha como. Poe a roupa tudo de novo e atravessa a passeata dos dominiicanos tudo de novo pra ir numa vendinha de uma japonesa perto de Times Square que tem de um tudo. COmprei a pasta e voltei. Finalmente escovei os dentes. Esqueci de comprar o sabonete, mas tudo bem. Amanha eu compro. Descansei um pouco e resolvi comprar algo onde eu pudesse escrever. Quem me conhece, sabe que eu viajo pra tirar fotografia e contar minhas aventuras pras pessoas. Fui na Apple a pe!!!! Vai somando, Comprei um mini ipad com teclado. To tentando fazer com que meus dedos caibam nele. E amanha voula pro cara me ajeitar esse teclado. E vou ver um netbook de 100 dolares que eu vi aqui perto. Nao sei se vou me dar bem com esse ipad. Sai da Apple e fui conhecer o Momofuku da 56. Uma fila horrorosa e so coisa doce, que eu detesto. De repente vi uma escada e resolvi descer ao subsolo, Eureka! E la que o Momofuku se esconde sob o nome de Ma Peche. Uau!!! Divino. Caro, claro, como tudo que e bom. Comi um ceviche, tomei uma cerveja e me mandei, ate porque tava cedo pra comer. Eu pensava em jantar mais tarde. Voltei para o hotel a pe de novo. Engracado que andando nesse entardecer maravilhoso, eu tive a sensacao de que estava em Santos. Incr[ivel como NOva York se parece com Santos. Sabe aquela coisa de ali na frente tem o mar? A volta foi bem gostosa. Aqui na esquina, eu pensei, quer saber? VOu comer um breguete no starbuck, tomar um caf[e e morrer na cama. CHeguei, comecei a brincar com o Ipad (la se vao 3 horas e meia) e resolvi escrever as peripecias do primeiro dia. As fotos voces vem no face e no instagram.

2 thoughts on “Nova York – primeiro dia

  1. Me divertindo com suas aventuras por aí. Sempre bom te ler Ivana! Quero ver suas fotos agora.Bjs

  2. Jå vale por um bom conto…rimos muito…os sapatos jå estão gastos…mas ,assim é que se curte a vida e de fato se vive realidades.,,aproveite…abços Rachel e Caboquena

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s