Doidivana

blog da escritora Ivana Arruda Leite


Deixe um comentário

FAQUIRISMO

No aquário de vidro
deitada numa cama de pregos
em jejum há quarenta dias,
seminua, com as costelas à mostra
exponho minha dor
em praça pública
com um sorriso branco
nos lábios descarnados
por pura vaidade,
já que eu não recebo pra isso.


2 comentários

UM POEMA POR DIA

Há 79 dias eu aceitei o desafio que meu amigo Joca Reiners Terron propôs: fazer um poema por dia. E lá se vão 79 poemas publicados diariamente no facebook e no instagram na hashtag #fazerumpoemapordia.  Daqui pra frente, penso em publicá-los aqui também. Não só para reanimar o blog como por achar que essa é uma mídia mais segura para guardá-los (será?). Na dúvida, eis aqui o poema que fiz hoje. Se der certo, continuamos.

PUDIM

Sonhei que meus poemas eram pudins
de morango e chocolate.
Lisinhos, brilhantes, doces.
Tão lindos os poemas pudins!
Eu os exibia orgulhosa
e oferecia aos presentes.
Aceita? Tá servido?
Quer provar um pedacinho?